O HOMEM QUE TOCA O TERROR

 

Léo Dias, o terror dos chiques,

famosos e nem tanto, abre o jogo.

 fotos de Fco. Patrício

vídeo: Carlos Berbel e Benny Cazim

 

 

Pense no mais execrável de todos os insultos. Pensou? Pois bem, pode estar certo que,  pelo menos no meio artístico, algum dia alguém o usou contra Leonardo Antônio Dias, ou Léo Dias (nas fotos acima), o mais temido e odiado de todos os assim chamados “jornalistas de celebridades” – aqueles que se especializaram em notícias nas quais revelam o que nem sempre os famosos querem que seja divulgado. Uma das perguntas mais repetidas no meio (entre aspas) “artístico” é: já viu o que o Léo Dias publicou hoje? E pode estar certo que, em algum lugar, alguém o estará xingando de isso, aquilo, e mais aquilo outro. Mas Léo segue em frente, impávido. Acha que este é seu dever de jornalista – mostrar que os reis e as rainhas em geral estão nus ou, pelo menos, de calças nas mãos. “Essa gente é muito mimada”, ele diz, “tem um séquito que os paparica e protege”. Se o jornalismo que ele e seus pares fazem é discutível? Muitos acham que sim. Quanto a mim, tenho sérias dúvidas quanto a isso, já que, em geral, o que Léo Dias publica acaba se provando verdadeiro, tirando uma certa ênfase que faz parte do seu estilo. Por isso resolvi entrevistá-lo, embora essa decisão tenha surgido de uma quase brincadeira. Durante a entrega do prêmio Contigo eu ia passando no assim chamado red carpet quando ele perguntou: “você me daria uma entrevista?” Eu respondi que sim, e rebati na bucha: “e você, me daria uma?” Léo também respondeu que sim, e eu considerei isso um compromisso que agora cumpro. O resultado dessa nossa conversa, sem cortes ou barreiras, é o vídeo abaixo. Vejam e revejam. Léo Dias é seguro e articulado sabe defender o que faz, e para isso usa argumentos que nos fazem pensar sobre a extrema fragilidade e o real valor dessa coisa que se convencionou chamar de “fama”. (Aguinaldo Silva)

httpv://youtu.be/eWuijMgEjgY

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *