Eles continuam vivos!

 

20161011_163425

Uma brincadeira minha no Instagram provocou reações desencontradas. Alguns morreram de rir e deixaram isso registrado lá nos comentários. Outros preferiram me ligar e me acusar de estar brincando, sim, mas com o perigo. Por quê? Eu vos digo: porquê, ao gravar um vídeo com pequenas esculturas que fazem parte da decoração de minha casa, eu as apresentei como prováveis personagens de minha não tão próxima, mas futura novela. E ao chegar nas duas últimas – dois veados, mas veado bicho, não veado gente – comentei indignado: “ah, não… Estes aí de novo?!”

Ou seja: o que eu quis dizer é que estaria me repetindo se minha futura novela tivesse veados outra vez. Aviso aos navegantes: terá, sim. E nunca antes na história deste país uma bicha foi tão má.

“Você foi no mínimo homofóbico” – me disse rispidamente pelo telefone um amigo que gosta de ser chamado de Terezinha Viegas. E, quando comecei a rir, ele me cortou: “não ria, que o assunto é sério!” E prosseguiu, cada vez mais indignado: “estão matando gays em plena luz do dia. E você fica aí, querendo fazer gracinha, mas na verdade só está reforçando o preconceito!”

Escutei o resto do pito, do carão – não sei como é que chamo – em silêncio. E depois que o senhor Terezinha Viegas desligou fiquei meditando no que ele dissera: estão matando gays em plena luz do dia? Está bem, concordo. Mas também estão matando ciclistas, motoristas, velhinhos inocentes, PMs, bandidos… E mais: crianças são em geral vítimas de balas perdidas, mulheres saem para ir ali e dizem que já voltam, mas somem durante dias e quando aparecem de novo foram esquartejadas… E aí não resisto. Pego o telefone, disco para meu amigo Terezinha Viegas e lhe digo num tom que não permitirá resposta:

“Escuta aqui, querido, não estão matando só os gays em plena luz do dia, não… Aqui no Rio de Janeiro estão matando é todo mundo!”

Desligo o telefone, vou até os dois veadinhos que enfeitam minha casa… E resolvo tirar a foto que ilustra esse texto só para mostrar que, pelo menos aqui em casa, os bichinhos continuam vivos.

(Ah, sim, pra quem ainda não sabe: o meu Instagram é: aguinaldofsilva)

20161011_163404

14 thoughts on “Eles continuam vivos!”

  1. DIOGO PATZLAFF says:

    Bote pressão! nas suas novelas pode ter é tudo…
    Abala o bangu, solta o vendaval … engoma, empindura e joga no cabidhe!

  2. Julielson Lima says:

    Mais uma vez , o tal politicamente correto. hoje em dia, as pessoas não podem brincar, que já vão ser taxadas de alguma forma. Enfim, pra que discutir né…
    Ps: . Amei a foto 😀 . E as esculturas são belíssimas. Abraço

  3. Duque says:

    Achei o vídeo engraçado. Não há motivo para constrangimentos. Deu para entender direitinho o que você estava querendo dizer.
    Precisamos levar a vida com mais humor. Continue com seus vídeos, estão ótimos.

  4. Linda says:

    Muito bom essa foto…rss…

  5. MAAGDALENA SALINAS says:

    So much fuss about nothing….como dizia Shakespeare…
    Com franqueza!

  6. Welton Barbosa says:

    “Desligo o telefone, vou até os dois veadinhos que enfeitam minha casa… E resolvo tirar a foto que ilustra esse texto só para mostrar que, pelo menos aqui em casa, os bichinhos continuam vivos.” kkkkkkkkkkk… AGUINALDO SILVA, VOCÊ É DEMAIS!!

  7. Uellynton Richard says:

    Aguinaldo sou seu fã e adoro suas novelas. Entre todos você é o mais criativo, por isso que sempre faz mais sucesso.
    Sou fã da atriz Adriana Esteves e queria muito vê_la novamente em suas tramas. Já que ela fez Pedra sobre pedra, A indomada e Senhora do destino. Quero que ela faça a sua próxima novela num papel no entanto polêmico, pois ela tem sido muito boazinha ultimamente, além de fazer papel de pobre.
    Quero vê_la rica e triunfante e você com a sua nobre inteligência faça a personagem.
    Beijos e mais sucesso pra você !

    1. Lara says:

      Coitada da Adriana Esteves. Não rogue uma praga dessas para a coitada.

      1. Uellynton Richard says:

        Não roguei nenhuma praga nela, pelo contrário quero vê_la ainda mais soberana nas novelas. Por isso sugere esse tipo de papel. Por saber que ela tem talento para qualquer papel.

  8. Felipe Petrucelli says:

    Certa vez fiz uma brincadeira com gays em minha página – não lembro exatamente do que tratava – e uma jovem fez um “print” da postagem e publicou na página dela, me chamando de homofóbico para baixo….rsss….Eu tive que ir lá e mandar que ela se orientasse, porque eu estava apenas sendo irônico em minha postagem e que, na verdade, se tratava de um crítica ao preconceito contra os gays. Aí ela, sem graça, me pediu desculpas.

    Uma outra vez, eu compartilhei um vídeo no qual um homem muito feio se maquiava e se transformava numa linda “mulher”.
    Aí uma travesti – ou transgênero – me enviou uma msg inbox, dizendo que todos os dias vários gays e transexuais são assassinados no Brasil, e que ao compartilhar aquele vídeo eu estava sendo conivente com essas mortes. E ainda ameaçou me processar por causa disso, é mole? HAHAHAHA……..Como, graças a Deus, eu sei usar de diplomacia para evitar brigas desnecessárias, consegui fazer com que essa pessoa também percebesse que estava fazendo uma tempestade em copo d’água, e ela também acabou me pedindo desculpas.

    Afinal de contas, o tal vídeo não tinha nada demais, somente um transexual se transformando de homem para mulher. Só isso. É cada sufoco que a gente passa, em nome do “politicamente correto”. Vixe!

  9. Felipe Petrucelli says:

    Agora, olhando para os ‘veadinhos’ da foto, percebe-se que não são “pão com ovo”.
    No mínimo são bem nascidos.

  10. Raimundo says:

    Acredito q a primeira pergunta para quem escreve novelas é essa: vai ter viado em sua novela? a segunda: a sua bicha vai ser boa ou má? a terceira: vc se inspirou em alguém para escrever o personagem arco iris? e a quarta, última e insistente pergunta: vai ter beijo gay? rsrs Saudade de Império, novela que mostrou com muita alegria e nos dar muita saudade da Xana e o Téo Pereira, e ouso até falar q seria mais engraçado se os núcleos dos dois tivesse interligados. Já pensou um diálogo entre a Xana e o Téo iria ser hilário por demais. Em rodas de conversas de amigos gays sempre os diálogos entre eles me fazem estrebuchar de tanto rir, são ricos em humor inteligentes e tiradas satíricas, e por essa e outras que os autores não podem dispensar viadinhos em ação.

  11. Lara Simeao Romero says:

    Falando em bicha, no caso bicha má, estou simplesmente enloquecida com a série OUTLANDER.
    Fazia tempo que um personagem malvado não me deixava tão indignada, desconcertada, surpreendida como o vilão “Black Jack Randall” da minha atual obsessão em termos de séries.
    Você precisa assistir (se é que já não viu) o último episódio da primeira temporada. Impactante., pra dizer o minímo.
    Sem falar que nunca pensei achar “so fucking sexy” um homem de saias até ver esses escoceses com seus “kilts”.

  12. Lara Simeao Romero says:

    Deixando de lado a brincadeira, hoje a querida tia Mercedes (tia-avó do maridão, remember?) faleceu aos 101 anos de idade bem vividos.
    Faleceu em paz, junto aos seus familiares e no aconchego da própria cama lá em San Juan Bautista.

Deixe uma resposta para Uellynton Richard Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *