‘Inferno’: mais do mesmo de Dan Brown estreia nos cinemas

A fórmula foi descoberta em “O Código Da Vinci’.

O livro vendeu milhões de cópias e a adaptação para o cinema foi um blockbuster de arrasar, pra ser bem redundante.

Depois veio ‘Demônios’ e a história se repetiu.

Agora chegou a vez de ‘Inferno’ virar o arrasa-quarteirão da vez.

É, não se pode negar que, assim como J. K. Rowling com seu Harry Potter, Dan Brown descobriu a máquina da fortuna com o simbologista Robert Langdon.

‘Inferno’ até que é um filme interessante.

Se você for ao cinema apenas para se entreter.

As mais de duas horas passam rápido.

Não é enfadonho.

Então, tá valendo!

Sinopse: Florença, Itália. Robert Langdon (Tom Hanks) desperta em um hospital, com um ferimento na cabeça provocado por um tiro de raspão. Bastante grogue, ele é tratado por Sienna Brooks (Felicity Jones), uma médica que o conheceu quando ainda era criança. Langdon não se lembra de absolutamente nada que lhe aconteceu nas últimas 48 horas, nem mesmo o porquê de estar em Florença. Subitamente, ele é atacado por uma mulher misteriosa e, com a ajuda de Sienna, escapa do local. Ela o leva até sua casa, onde trata de seu ferimento. Lá Langdon percebe que em seu paletó está um frasco lacrado, que apenas pode ser aberto com sua impressão digital. Nele, há um estranho artefato que dá início a uma busca incessante através do universo de Dante Alighieri, autor de “A Divina Comédia”, de forma a que possa entender não apenas o que lhe aconteceu, mas também o porquê de ser perseguido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *