SP: “Nove em ponto”, com texto de Rui Villena, está no teatro Folha

 

Na trama, dois casais têm um encontro marcado para as nove da noite – Divulgação

Em cartaz no Teatro Folha, “Nove em ponto” é um espetáculo que tem tudo para agradar não só a plateia mais exigente, mas também aquela parcela do público que só sai de casa para ver teatro se o espetáculo for comédia e tiver atores da televisão. Escrito a partir de um argumento criado pelo novelista Rui Villena, a história mostra, de três maneiras diferentes, como quinze minutos de antecedência ou de atraso podem fazer toda diferença (ou não?).

Na trama protagonizada por atores conhecidos da TV econduzida com maestria pelo diretor Isser Korik, dois casais tem um encontro marcado para as nove da noite no apartamento de um deles. A intenção do casal dono do apartamento é comemorar um ano de relacionamento conjugal do casal convidado, mas aquilo que tinha tudo para ser uma noite agradável setransforma em guerra quando uma situação mal resolvida no passado vem à tona.

A atriz Bianca Rinaldi integra o elenco do espetáculo – Divulgação

Leonardo Vieira, perfeito como o piloto de avião casado, resmungão, mal humorado e maníaco por horário, conquista o público logo na entrada e transforma um personagem que tinha tudo para ser chato, no queridinho da plateia. Bianca Rinaldi, com pleno domínio de palco, não desperdiça nenhuma das muitas oportunidades que o texto oferece e brilha do início ao fim. Carol Bezerra,  atriz e cantora que a televisão ainda não descobriu,está irreprochável no papel da professora sonsa e metida a intelectual que aparenta modernidade, mas é reacionária a ponto de não aceitar que o substantivo “personagem”, que um dia foi exclusivamente feminino, é hoje, sobretudo no Brasil, palavra invariável que pode ser masculina ou feminina conforme o caso. Alex Grulli, no papel do ator vaidoso e canastrão que adora exibir a barriga tanquinho, é um espetáculo a parte e, sem se deixar arrastar pela facilidade,  arranca gargalhadas justamente brincando com o lado vaidoso e canastrão de um personagem que, se colocado nas mãos de um ator acomodado, facilmente se transformaria em caricatura.

Misturando mistério, suspense e humor, “Nove em ponto” um espetáculo que remete ao Efeito Borboleta e de quebra ensina que suflê é prato que não suporta atraso. (Júlio Kadetti)

Carol Bezerra, Alex Grulli, Leonardo Vieiera e Bianca Rinaldi em cena – Divulgação

SERVIÇO:

Espetáculo: “Nove em ponto”.
Local: Teatro Folha.
Endereço: Avenida Higienópolis 618, Consolação.
Telefone: (11) 3823-2323.
Classificação etária: 14 anos.
Temporada: De 6 de outubro até 10 de novembro de 2016.
Horários: Quartas e quintas, às 21h.
Duração: 80 minutos.
Ingressos: R$ 40.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *