Globo adia novela de Lícia Manzo, que dá lugar a duas autoras iniciantes

Mais uma vez a direção de teledramaturgia da Globo surpreende (ou não) e cancela uma novela em avançado estado de produção.

‘Jogo da Memória’, que Lícia Manzo escrevia para o horário das onze, foi transformada em minissérie e adiada para 2018.

liciamanzo

Lícia Manzo, autora de ‘Jogo da Memória’, que perdeu o horário das onze para as estreantes Ângela Chaves e Alessandra Poggi em 2017 – Reprodução/internet

A novidade, em meio à novidade, é que ela não será substituída pelo ‘Mustela putorius furo’, Walcyr Carrasco.

Lícia Manzo dará lugar a duas estreantes em voo solo: Ângela Chaves, que colaborou com Manoel Carlos, e Alessandra Poggi, parceira de Miguel Falabella.

‘Em Nome do Amor’ (e o nome não podia ser diferente em se tratando de colaboradora de Manoel Carlos) havia sido aprovada inicialmente para o horário das seis.

É bastante natural que uma emissora altere o calendário de produções e faça mudanças de acordo com as suas prioridades.

O que não dá pra entender é como isso vem acontecendo com tanta frequência na Globo.

Isso certamente provoca um desgaste entre os autores, que têm suas histórias aprovadas, noticiadas pela imprensa, elencos escalados e até com a produção em andamento…

Vai entender!

 

 

 

2 thoughts on “Globo adia novela de Lícia Manzo, que dá lugar a duas autoras iniciantes”

  1. Severino Ramos Barbosa says:

    Isso se chama falta de respeito com os autores. Sílvio de Abreu está cagando na Globo. Acabando com a audiência das novelas.

  2. Severino Ramos Barbosa says:

    Quer saber quem é o homem? Dê poder a ele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *