O SENHOR DAS WEBSÉRIES

foto

 

Marcelo Feijó foi o escolhido para dirigir as webséries da Casa Aguinaldo Silva de Artes (CASA). O carioca, logo que terminou a faculdade de cinema, pela PUC, ficou em primeiro lugar no Festival Curta Criativo, da Firjan, com o documentário “Barra-Pavuna”. Depois, participou de várias produções para o canal Multishow até abrir a Makulelê Produções.

Feijó também foi o idealizador, roteirista e diretor da websérie “Jeitino carioca”, em 2012. O projeto que, inicialmente, não passaria de um vídeo, criticando de forma bem humorada os problemas da cidade, além de ter criado o bordão “imagina na Copa”, ganhou vida longa, após atingir um milhão de visualizações em uma semana.

Agora, o diretor se prepara o novo desafio: dirigir as webséries escolhidas por um concurso da CASA, “Pobrecitários” e “Contagem regressiva”. No momento, ele integra a banca, que avalia os atores, que participam da seleção para o elenco. As filmagens deverão começar em fevereiro. Boa sorte, Feijó! Ou, como dizem os artistas: merda!

One thought on “O SENHOR DAS WEBSÉRIES”

  1. Spectro-Méier says:

    Eu desejo boa sorte mesmo, porque a expressão “mérde” é horrível e regularmente utilizada pela classe artística, mesmo tendo ciência de que trata-se de um termo chulo com cara de classudo. E escrever, como já ficou eternizado no mármore carrara pelo homem da cabeleira prateada e coração dourado, não é para mariquitas. Enfim, vamos que vamos e boa sorte, tanto no pessoal, quanto no profissional, ô lôco meu …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *