RJ: Peixes raros são oferecidos no cardápio do Azumi

A maré está boa para peixe no Azumi. A casa acaba de receber exemplares de dois pescados que são raridade nas redes: bijupirá e olho-de-boi.

Presente nos mares tropicais e subtropicais de todo o mundo, as duas espécies testam toda a habilidade e perícia de um pescador. Capturar alguns exemplares desses dois peixes não é tarefa fácil. E comprar suas carnes também não é.

“O olho-de-boi e bijupirá que compramos são nacionais, mas não entrego a fonte por nada!”, brinca Alissa Ohara, proprietária do restaurante.

O bijupirá é um peixe de água salgada, que oferece carne branca de sabor suave e tem a aparência de um pequeno tubarão. O peixe que acaba de chegar ao restaurante tem 20 quilos, peso considerado ótimo para esse tipo de pescado.

As duas espécies de peixes raros serão vendidas até acabar o estoque do restaurante – Divulgação/RioartCom

Um dos peixes mais apreciados da milenar culinária japonesa, o olho-de-boi ou aka-buri ainda tem presença tímida nos cardápios de casas orientais desse lado do globo. O pescado tem carne tenra e saborosa, com médio a alto teor de gordura e rico em ômega 3 e 6. O peixe “parrudo” que chegou esta semana ao Azumi tem 12 quilos.

Da faca do sushiman do Azumi, sairão sushis e sashimis preparados com esses peixes. Como frescor é a palavra de ordem na casa, eles serão servidos nos próximos dias até acabar o estoque. Os preços variam de acordo com os tamanhos desejados pelos clientes.

SERVIÇO:

Endereço: Rua Ministro Viveiros de Castro 127, Copacabana, Rio de Janeiro.
Telefone: (21) 2541-4294.
Capacidade: 70 lugares.
Horário de funcionamento: De domingo a quinta, das 19h à meia noite. Sextas e sábados, das 19h à 1h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *