HERÓIS OU VÍTIMAS?

chapecoense-sul-americana

Não quero ser aquele que é sempre do contra. Mas não acho que as vítimas do desastre de avião com os atletas do Chapecoense sejam heróis, como a mídia vem apregoando. Heróis eles seriam se voltassem da Colômbia com o título do torneio que disputavam. O que eles são, sim, são vítimas de uma tragédia provocada pela irresponsabilidade do proprietário e também piloto do único avião da empresa Lamia, que os transportava..
E, agora que a comoção diminuiu, é bom que a mídia cumpra seu papel e investigue as relações entre a empresa aérea e os dirigentes do futebol latino-americano. Até a seleção argentina, que sempre foi passageira VIP da Aerolineas, preferiu em voo recente para o Brasil o avião da Lamia, que, em pelo menos quatro dos seus últimos voos, segundo autoridades aeroviárias, operou comprovadamente com o combustível no limite mínimo da segurança.
A alegação de que ela “cobrava menos” pelos voos fretados não basta. É preciso que se tivesse certeza de que estes voos eram seguros, e está comprovado que não eram. Novas pistas do descaso da Lamia em relação aos seus passageiros vão surgindo, mas acabam minimizadas na mídia, que prefere dar destaque à comoção provocada pela tragédia sem se preocupar seriamente – ainda – em explicá-la.
E é isso que todos nós, e ainda mais os parentes das vítimas, queremos: explicações, inclusive dos dirigentes de futebol que mantinham esta ligação com a Lamia.

2 thoughts on “HERÓIS OU VÍTIMAS?”

  1. Lara Simeao Romero says:

    Sobre o FERREIRA GULLAR:
    Um enorme talento encontrou a porta que dizia saida…. aquele negócio todo e para quem conheceu o poeta pessoalmente, familiares e amigos, restará a saudade.
    Para mim e muitos mais que o conhecemos através das suas obras ficarão essas mesmas obras para relembrá-lo for may years to come.
    Beijo Aguinaldo.

  2. Rafaella says:

    É verdade disse tudo, há algo de podre nessa relação da Lamia e Comenbol e pior os clubes veem compactuando com isso não sei por que o Chapecoence era um clube pequeno e não quis peitar a comenbol e aceitou fazer o frete pela Lamia que é proibida de voar no Brasil por isso eles tiveram que fazer escala na Bolívia. O triste é que essa corrupção no Futebol fez suas vitimas .Ate quando esses bandidos vão digerir o Futebol ? ate quando ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *