IMPERTINENTE ABSOLUTO

 

sarony_wilde_assis_0

“O Impertinente Absoluto”: é este o nome da exposição sobre Oscar Wilde que vou ver amanhã aqui em Paris, no Petit Palais. Depois vou escrever sobre o que vi e sobre a importância deste homem cuja impertinência causou sua desgraça e continua a importunar o mundo mesmo depois de sua morte há um século. Até hoje seus ditos e escritos dão verdadeiras pauladas no politicamente correto, cuja ditadura devemos combater com todas as nossas forças. Viva Wilde, que cunhou a expressão “o amor que não ousa dizer seu nome”, embora ele dissesse o nome do amor que preferia com todas as suas forças a ponto de ser preso, condenado  e cumprir pena por causa disso. Na foto abaixo, Wilde vestido de Salomé, título de uma de suas peças, diante da cabeça de João Batista, isso mesmo, o santo.

images

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *