Alexandre Nero tira roupa em protesto contra o preconceito religioso

Criticado por seguidores por postar uma foto vestindo camiseta de um terreiro de umbanda, Alexandre Nero respondeu com bom-humor ao preconceito.

Na foto da polêmica, o ator aparece com a camiseta rasgada pela ação do tempo e da máquina de lavar.

Foi o suficiente para os fanáticos destilarem o preconceito contra o ator.

Uma das seguidoras escreveu: “Pai se chama Deus e não pai Maneco! Odeio macumba. Não existe isso. Existe joelhar e orar.”

Outra disse que gosta de Nero e o admira, apesar de ele ser umbandista.

Não faltaram os falsos moralistas. E também os que saíram em defesa do ator e da umbanda.

Tudo porque Nero decidiu transformar em poesia o triste fim da indumentária.

“Atiram no alvo

Pedra sabão

alvejado por alvejante

vida dura de amaciante

todos os tiros só pegam de raspão

Lavanderia

‘Lava roupa todo dia?’

Máquinas de lavar não têm coração

Para evitar tamanha violência

proponho uma emenda na constituição:

Nenhuma camiseta preferida poderá ser

transformada em pano de chão.”

As reações de preconceito motivaram Alexandre Nero a voltar ao Instagram e, dessa vez, produzir uma série de vídeos no insta series.

Nos vídeos o ator diz que as pessoas estão doentes.

E simula uma internação, como se ele próprio também estivesse enfermo.

Sarcástico, o ator veste uma camisola de hospital e, como Hunter de Robin Williams em Patch Adams – O Amor é Contagioso, Nero se levanta e mostra o derrière.

Aí, os seguidores foram à loucura.

Veja a sequência de vídeos gravados por Nero:

One thought on “Alexandre Nero tira roupa em protesto contra o preconceito religioso”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *