EM BUSCA DE NOVOS ATORES

 

Se você quer ser ator, estude, se aplique e se jogue de corpo e alma na busca da perfeição quase impossível nesta profissão… Ou então vá ser modelo.

imagem curso

Nos últimos tempos, além de fazer aquilo de que mais gosto, que é escrever novelas, tenho me envolvido com muitos projetos paralelos que, embora passem longe da minha especialização, me dão muito gosto. Hotel e restaurante em Óbidos, Portugal, outro restaurante num ponto bem central de Lisboa… E o Curso de Atuação, que no Rio entra no seu segundo ano no Theatro Net, e agora também vai funcionar em São Paulo – no Teatro Folha, no shopping Pátio Higienóplis, e na Arca de Noé, um projeto cultural erguido por um sonhador, o ator Jefferson Britto, na cidade de Osasco.

Não é novidade que já formei vários – e bons – roteiristas nas minhas Master Classes. Ensinar, passar adiante os conhecimentos que adquiri durante esses anos todos de trabalho é outra das minhas ocupações favoritas. Este ano, por razões muito pessoais e mais ainda intransferíveis, tive que adiar a Master 5 quando já havia dezenas de inscritos, mas este não é um projeto abortado – pelo contrário, em breve anunciarei para ele uma nova data.

Agora, quanto a formar atores…

Primeiro deixem que lhe diga que tenho um certo medo deles. Não por causa das pessoas que são, mas por conta da profissão que escolheram. Um ator, com sua capacidade de viver várias vidas e nos convencer que elas são verdadeiras é um ser quase mágico. Por conta da profissão que escolheram, são também muito sensíveis. Alguns têm um ego monumental, que na verdade é mais que isso – é mas barreira que os protege. Outros conseguem até viver uma vida normal, embora isso lhes seja difícil. Sempre digo que cada vida que um ator vive deixa sempre algum vestígio que resta para sempre dentro deles… E a reunião desses vestígios todos influi em suas personalidades.

apresentação

Mas então, se tenho este “certo” medo dos atores, por que de repente resolvi formar novas turmas deles? Por uma razão muito simples. Embora tenhamos muitos e bons atores, os meios através dos quais eles se exprimem se expandem cada vez mais, e a tendência, quando se forma um elenco, é usar sempre os mesmos. Portanto, precisamos de caras novas. Mas não aquelas que costumam ser recrutadas entre as pessoas bonitas e os modelos. Precisamos, sim, de atores que tenham conhecimento da profissão, que se prepararam para ela, enfim, que se aplicaram – e isso só é possível àqueles que se jogam de corpo e alma nas peripécias de um curso especializado.

São poucos aqueles, nesta profissão difícil, capazes de partir da intuição pura e simples para a especialização completa. Um exemplo recente, que me deixou muito feliz foi o de Grazi Massafera, a ex-BBB de quem se esperava nada mais que uma cabeleira linda e loira e um rosto lindo e, à custa de muita aplicação e esforço pessoal, se tornou uma atriz de primeira.

É esta noção, de que nesta profissão é preciso toda aplicação e uma entrega completa, que tento passar para meus alunos do Curso de Atuação. Não sou um mestre no assunto, nem é assim que me apresento aos meus alunos. Sou, digamos, um curioso, que os acompanha e se sente feliz com o progresso deles. Para chegar a este meu prêmio final, tenho na minha equipe excelentes professores, que me ajudam a escolher, dentre os alunos que se destacam, as tais caras novas de que falei e que se tornarão, quem sabe, as futuras Grazi Massafera de minhas novelas – aqueles que se mostrem capazes de se jogar de corpo e alma e assim viver quaisquer personagens de peso.

2 thoughts on “EM BUSCA DE NOVOS ATORES”

  1. Fatima Braga says:

    Uma coisa que aprendi, após 20 anos de profissão, foi a relaxar antes de entrar em público. Pois cada novo personagem é uma surpresa no caminho. Seja ele como for. O que importa é se jogar MESMO! Amo minha profissão.

  2. Macário says:

    Olá, Aguinaldo!
    Tem previsão para formação de novos roteiristas?
    Satisfação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *