MEU NEGÓCIO É AGITAR

 

Detesto a expressão, mas não há como fugir dela: além de roteirista de cinema e tevê, autor de peças de teatro e jornalista  full time  sou um agitador cultural. Claro, com o que me pagam pelo meu trabalho na televisão eu poderia, no final de cada novela, mergulhar no conforto da minha banheira de formol e lá ficar até que me chamassem para ocupar o horário das 21h de novo.

Mas não consigo fazer isso. Não consigo nem mesmo fazer apenas a novela quando estou escrevendo uma delas – tenho vários outros interesses paralelos aos quais, simultaneamente, me dedico. E todos eles têm a ver com a cultura e, mais especificamente, com a arte que abraçei: a do roteiro.

Gosto de ensinar o que aprendi sobre a arte, por isso faço as masters classes. Adoro descobrir novos talentos, e para isso patrocinei, com prêmios pagos do meu próprio bolso, o I Concurso Aguinaldo Silva de Roteiros. Ou promovo o Curso Aguinaldo Silva de Atuação, que reúne um total de 440 alunos espalhados por três frentes: Rio de Janeiro, São Paulo e Osasco.

IMG-20170316-WA0001

E como nada disso me é suficiente, resolveu bancar um concurso de webseries do qual poderiam participar apenas ex-alunos de minhas masters-classes. Foram duas as escolhidass – um drama e uma comédia, e esta – “Pobrecitários”, de Sérgio Vergílio – é a primeira a ser gravada. Os trabalhos já começaram. Atores e técnicos, reunidos na foto acima, estão na fase de leituras e ensaios. As gravações começam na semana que vem, devem durar dez dias e as webséries, depois de prontas, serão exibidas no meu canal do You Tube e aqui no meu portal.

Portanto, mesmo detestando a expressão, eu sou o que sou: um agitador cultural e pronto.

 

One thought on “MEU NEGÓCIO É AGITAR”

  1. Vania says:

    Parabéns pelo trabalho. Gente que homem esse primeiro da esquerda para a direita na foto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *