BELA, CORAJOSA E ÓTIMA ATRIZ

 

144840-juliana-paes-tambem-costuma-deixar-os-fi-opengraph_1200-4

Vocês já sabem que, depois de ver a cena em que Juliana Paes rompe com Rodrigo Lombardi em “A Força do Amor” virei fã absoluto da moça. Até escrevi no twiter que ela, depois de anos apertada no uniforme de gostosa tinha virado grande atriz.

Tão fã fiquei que resolvi reproduzir aqui o trecho da entrevista que ela deu à revista Veja no qual fala de feminismo com uma propriedade com a qual concordo de tal forma que assinaria embaixo mesmo sem ser mulher… Mas sendo, porque todo homem também o é um pouco já que, no fundo tem um detalhe que  iguala os dois sexos: somos todos Humanos.

A pergunta da Veja era: “o feminismo a atrai?” Com vocês, a resposta sensata de Juliana Paes:

“Sou uma mulher feminina, não feminista. Existe uma linha do feminismo com a qual eu não concordo muito. Acho errado esse desejo de igualdade com os homens a todo custo. Somos tão competentes e valiosas como eles, mas não iguais. A mulher precisa de mais tempo para se recuperar de uma gravidez, e há outras questões que permeiam nosso universo. A sensibilidade, o lúdico, o caminho da ponderação, o afeto nas relações de trabalho – tudo que faz parte do universo feminino e matriarcal deve ser respeitado.

“O homem tem uma gama própria de ferramentas, enquanto a mulher tem outras. Não dá para dizer quem é bom e quem é vilão na história. O jeito com que um homem olha para uma mulher é diferente do jeito com que uma mulher olha para um homem. E isso é lindo”.

Brava Juliana Paes! Se pedissem para fazer uma lista já colocaria esta sua fala entre as grandes declarações feitas este ano. Obrigado.

7 thoughts on “BELA, CORAJOSA E ÓTIMA ATRIZ”

  1. afasilvestre says:

    Você só deveria corrigir o nome da novela que é “A Força do QUERER”

  2. Jacob says:

    Muito boa a delcaração

    1. Leila Saldanha says:

      Adorei a entrevista dela.Foi séria,não ficou de mi mi mi.Coisa tão em voga atuslmente.

  3. João Luiz Azevedo says:

    que declaração linda, essa da Juliana Paes… vou reproduzí-la em minha pagina, ok?

    Abração

    JL

  4. Vania says:

    Já quero ele em O sétimo guardião hein 😉

    1. Vania says:

      Ela (escrevi errado desculpa).

  5. Ayacos Cavendish says:

    Aguinaldo, uma coisa a se destacar nos primeiros capítulos da novela, é a interação e total afinidade entre Mª Fernanda Cândido e Lília Cabral. Você poderia deixar ela como “a irmã de Valentina Marsala” e remanejar a Luana Piovani para uma delegada substituta que venha da “Capital” para sanar a desordem em (Cerro Azul?). Assim você não precisa mexer muito na trama entre os personagens já que o personagem da Luana se envolveria com o de Milhem Cortaz.

    Pode confiar em mim, que isto vai surtir efeitos benéficos na trama!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *