O QUE ESCREVI, ESTÁ ESCRITO

 

123299

Estava eu ontem à noite no auge da agitação em todas as redes sociais quando o telefone tocou. Atendi e era minha amiga Bernie Piters que, lá de Paris, ordenou:  “para de escrever besteira e vai dormir, criatura!”

Obedeci na hora. Afinal, ela estava certa – já tinha escrito mais besteiras do que devia. Dormi, sim, dormi como nunca na história deste país ninguém jamais dormiu assim. E hoje, quando acordei, o telefone tocou mais uma vez, eu atendi e era Bernie de novo, que me perguntou: “o que deu em você ontem à noite? Fiquei aqui, lendo suas bobagens no facebook e comentei com o Dimitri (é o marido dela): meu Deus, ele está parecendo uma criança!

Pois não é que a danadinha acertou em cheio? Era isso mesmo, uma criança, que eu estava me sentindo enquanto escrevia aquele monte de bobagens no twitter e no facebook. Uma criança mais feliz que uma ninhada inteira de pintos na chuva e no lixo.

“Qual o motivo de tanta felicidade?” – ela insistiu. E eu: “é que escrevi uma sinopse de novela em apenas dez dias”. Ela: “e isso significa exatamente o quê?”

E eu lhe expliquei, como faço a vocês agora. Primeiro, significa que estou vivo; segundo, que a essa altura da minha experiência e dos meus 40 anos de carreira domino como poucos a minha arte; e terceiro, que é quando “as circunstâncias estão todas contra ele”, ou seja, contra mim, que gosto de entrar na briga.

E, seja qual for o destino que seja dado a esta sinopse, depois de escrevê-la em apenas dez dias sem perder o meu nível de alta qualidade,  podem apostar que esta briga eu já ganhei, queridos e não tão queridos.

“Você é muito pirracento”, me diz Bernie no seu francês com sotaque cearense. E eu confirmo: “não sei viver a vida de outro jeito”. Ela pensa um pouco… E dispara de novo: “pelo menos não perde o bom humor mesmo quando está brigando”…

Ah, não, Bernie, não perco mesmo… Porque não consigo parar de achar graça em tudo. Por exemplo: quando aquele rapaz com sérios problemas de obesidade diz entre bufos e gorgolejos que eu nunca escrevi nada do muito que assinei, olho para a pilha de mais de 60 mil páginas que escrevi nesses meus quarenta anos de televisão, penso: “a bicha é louca!” E solto uma gargalhada.

Sim, por mais que a realidade fique preta (melhor dizer roxa, senão me processam) e sujeita a chuvas e trovoadas eu não maldigo a sorte; pois a verdade é que na vida tive uma sorte tremenda.

“Estava feliz ontem, e hoje estou mais ainda”, digo a Bernie antes dos beijinhos telefônicos de despedida. Porque se ontem eu só tinha as 60 páginas da sinopse hoje já tenho as dez cenas iniciais do primeiro capítulo. Sou uma roleta que não para! E quando para é só para dar sempre o mesmo número – aquele da buona fortuna.

E agora me dão licença, porque vou subir mais um lance desta longa e maravilhosa escada.

23031197_1252201511550391_2981432144012687342_n

12 thoughts on “O QUE ESCREVI, ESTÁ ESCRITO”

  1. Alexandre Félix says:

    Do lado de cá há um cearense que o admira demais e que torce sempre muito positivamente por vice! Autor de Novelas da mais alta estirpe tu és!!!

  2. Luiza says:

    Hahahaha… é pura vida! E vive a alimentar essa criança que ainda mora em você. Suba a escada sem olhar pra baixo queridooooo! É o sucesso Bj no ❤️

  3. Osmar Herculano says:

    Isso mesmo Aguinaldo, Viva a vida com diversão e sabedoria. Tem acompanhado desde Roque Santeiro e sei que és o melhor autor de novelas do nosso país. Pernambuco arretado. Abraços!

  4. Franco Bruno says:

    Se a novela terá o mesmo tom desse texto, sem dúvida vai ser mais um grande sucesso.

  5. JACQUELINE KATS DICKSTEIN VIEIRA says:

    MEU DEUS, ESTOU COM O CORAÇÃO ACELERADO, AS MÃOS TREMENDO, ESCREVER AQUI PARA AGUINALDO SILVA, QUE RESPONSABILIDADE, SE EU ESCREVESSE PARA VC , NUNCA PENSARIA EM PROCESSAR QUE LOUCO, E MENTIROSO, ACREDITO QUE VC INICIOU COM MÁQUINA DE DATILOGRAFIA . EU GOSTARIA DE TE ENCONTRAR, ESCREVER NEM QUE FOSSE DUAS LINHAS COM VOCÊ, OU DUAS LINHAS PARA VOCÊ; QUE POSSO ESCREVER AQUI COMO UMA CRIANÇA, DIZENDO QUE VOCÊ É O CARA, INTELIGENTE, LINDO, HUMILDE, E QUE EU SOU AQUELA CRIANÇA SONHANDO EM CONHECER MEU ÍDOLO , VOCÊ, EM DUAS LINHAS PUDE AGORA VIVER ESTA HISTÓRIA DE AMOR QUE VAI FICAR PARA SEMPRE NA MINHA MEMÓRIA , NO FAZ DE CONTA QUE TE CONHEÇO E ESCREVI COM VOCÊ OU PARA VOCÊ.

    1. Aguinaldo Silva says:

      Você escreveu para mim e agora sou eu quem escreve para você JKATS: fiquei emocionado com o seu texto, obrigado. Abraço!

  6. Leudo Peixoto says:

    Autor como poucos. .. Inteligência admirável. .

  7. joao says:

    Lhe retribuo a sorte que você me desejou. Boa sorte nessa nova jornada e que venham muitas ainda na sua vida. Meus poucos momentos de prazer na vida é quando vejo alguma coisa sua na internet, você é uma pessoa muito inspiradora.

  8. Nina Guaraná says:

    Que gratificante perceber que nosso enTusiasmo pelo que fazemos na vida não diminiuiu nem um milímetro! E que não perdemos nossa capacidade criativa, ao contrário! Estou muito feliz por você, querido Aguinaldo, que sabe, como ninguém, fazer de um limão uma caipivodka de Grey Goose ma-ra-vi-lho-sa!
    E como diria uma certa admiradora sua:
    “Superar é preciso.
    Seguir em frente é essencial.
    Olhar pra trás é perda de tempo…”
    Te desejo tudo de melhor nessa nova jornada novelística =)
    Bjsss
    Nina Guaraná

  9. Jacob Oliveira says:

    Estava olhndo essa novella das noves e vejo, cenas parecidas com a do Imperio…. Chego a conclusão que tá faltando criatividade.

  10. Adriano Vaz says:

    Ah, Agui, querido
    Quem te conhece, jamais te esquece! Você e suas super viradas na vida.
    Eu desejo tudo de maravilhoso pra você, meu eterno mestre.
    Bola pra frente porque já tem gente demais na nossa frente.
    Ansioso para assistir “Enquanto o lobo não vem”.

    Beijo grande,
    E muito sucesso!

  11. Severino Ramos Barbosa says:

    Muito bem, mestre! Nada de baixar a cabeça para os desafios da vida! Temos que encarar os “lobos” de frente. E “enquanto eles não vêm”, temos que pensar nos meios de como nos defendermos deles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *